Programa “Conexão Startups” buscar fomentar negócios do setor de risktechs

  Institucional     24/07/2020
Programa “Conexão Startups” buscar fomentar negócios do setor de risktechs

Conduzido pela consultoria ICTS Protiviti, iniciativa selecionará negócios para incubação, patrocínio ou atuação em projetos junto com clientes


Da Redação


A consultoria global de gestão de riscos e compliance ICTS Protiviti está lançando o Conexão Startups, programa que selecionará iniciativas de empreendedorismo focadas em risktech para incubação, patrocínio ou atuação em projetos junto aos seus mais de 600 clientes presentes em todo o Brasil e América Latina. 


Dentro do ecossistema de startups, são classificadas como risktechs companhias que utilizam tecnologias como segurança de borda, governança em IA e gestão de risco digital para auxiliar empresas tanto na identificação de não-conformidades como na digitalização e aceleração do compliance. 


De acordo com John Wheeler, diretor para soluções de tecnologia de gerenciamento de riscos do Gartner, o setor de riskech ainda se encontra em uma fase ainda embrionária e deve levar ao menos cinco anos para que as tecnologias se popularizem, o que faz com que as empresas que se estabeleçam agora tenham mais chances de se tornarem competitivas no futuro. 


Segundo a ICTS, o formato de suporte do Conexão Startups é aberto e pode se dar de forma variadas: incubação, patrocínio ou atuação em projetos junto aos seus mais de 600 clientes presentes em todo o Brasil e América Latina. 


O foco está em reunir e apoiar startups especializadas em Gestão de Riscos e Compliance (GRC), Fraudes, Cybersecurity, Privacidade e Auditoria. O perfil de startups buscado pela companhia é o de negócios que trabalham com as seguintes tecnologias: 

- Plataformas para identificação de fraudes;  

- Uso linguagem natural para interação via chamada telefônica;  

- Robôs para indexação de dados, tribunais contratos e processos; análise e busca de palavras chaves em arquivos de e-mails;  

- Bases de consultas únicas alimentadas por fontes públicas;  

- Mapeamento de riscos em rodovias para sugestão de rotas mais seguras e inteligência artificial para análise de telas de notebooks e celulares para a identificação de fraudes, além de projetos voltados à LGPD, entre outras. 


Para saber mais detalhes sobre o processo, acesse o site do programa.  
 



Fonte: Computer Word
https://computerworld.com.br/2020/07/24/programa-conexao-startups-buscar-fomentar-negocios-do-setor-de-risktechs/